Inflação tem aumento de 0,51% em novembro, maior índice dos últimos 4 anos

aumento de preçosdeflaçãodinheiroIBGEÍndice Nacional de Preços ao Consumidor Amploinflaçãoinflação oficialInstituto Brasileiro de Geografia e EstatísticaIPCAmercadopoder de compraqueda de preçossalariosalário mínimo
Comentários (2)
Comentar
  • Jose Mayo

    Qualquer exercício intelectual que aponte, como negativo, um repique inflacionário derivado de conquistas de espaço no mercado externo é desonesto! A pressão inflacionária que agora nos acomete, especialmente com a sobrelevação de preços em artigos considerados commodities agrícolas, são fruto de diligente trabalho de expansão das nossas fronteiras comerciais pelos nossos Ministérios e, nessa esteira, vem o estímulo ao aumento da produção (pelo aumento da demanda e pela melhora dos preços), e os empregos. Quem não dispõe de um mínimo de ferramentas intelectuais de análise para fatos econômicos, deveria auto restringir-se a reportar assuntos corriqueiros.