Governo deixa polêmicas da reforma tributária, como nova CPMF, para depois

Aguialdo RibeiroCâmara dos DeputadosCongresso NacionalCPMFDavi AlcolumbreICMSISSIVAJosé TostesPaulo GuedesReceita Federalreforma tributáriaRodrigo Maiasenado federaltributos
Comentários (1)
Comentar
  • Simone Rosa

    E quanto à correção da tabela do IR pessoa física, defasada em mais de 100%, Sr. Paulo Guedes????? Não é só tirar do assalariado não, precisa corrigir as distorções também!!!