OAB pede à OEA audiência sobre violência contra a mulher no Brasil

Congresso em FocoDireitos humanosfeminicidioOABOEAviolência contra mulher
Comentários (1)
Comentar
  • João Batista

    Essa OAB e os “direitos dos manos” só passam vergonha! Quanto não é na ONU é na OEA. Assunto que deve ser debatido na sociedade brasileira e em seus órgãos públicos. São verdadeiros esquerdopatas. Antes, nos governos dos PTralhas não falavam tanto. Porquê será?