O locaute dos caminhoneiros e os ensinamentos do golpe de 1964

1964AeronáuticaBaía dos PorcoscaminhoneirosCelso LungarettiCenimarCIACubademocraciaditaduramilitareconomiaestados unidosExércitoextrema direitaForças Armadasgolpe de 64grevegreve dos caminhoneirosJangoJânio QuadrosJoão Goulartjohn kennedyJosé Raimundo da CostalatifundioLeonel Brizolalyndon johnsonMachado LopesMarinhamarinheirosOlympio Mourão FilhoparlamentarismorádioRede da Legalidaderio grande do sulTFPVPR
Comentários (3)
Comentar
  • Edison Sampaio

    Lá vem o Lungaretti com sua visão retrógrada. Lungaretti é um atraso e, francamente, um contestador cego. É cego ou finge-se de cego, em busca da simpatia de pouquíssimos malucos como ele, que são os adoradores do Lula/PT.
    Lungaretti, embora não admita, sabe que se não fosse a atuação forte e efetiva de nossas gloriosas e tão festejadas Forças Armadas, o Brasil hoje estaria numa situação muuuito pior do que Venezuela e Cuba. Caramba, agora que estamos conseguindo passar a limpo o Brasil, botando na cadeia os ladrões do Erário que, por quase 14 anos, roubaram o Brasil sob o patrocínio do PT e sua gang, vem o Lungaretti com a mesmice de um chororô nojento e idiota, falando em golpismo; que em 1964 nao-sei-o-quê… Ora, pelo amor de Deus… E eu ainda sou um tremendo idiota por ter vindo aqui para chingar o Lungaretti. Olha, Lungaretti e seu irmão Carlos Lungarzo são, ambos, uns privilegiados, pois ainda não foram trancafiados na Papuda ou em algum hospício.

  • Walldemar Sobrinho

    Inicio o comentário saudando os Grandes Militares de 1964 ! Homens honrados que amavam o Brasil, e não a União Soviética ou Cuba como os subversivos que foram fragorosamente derrotados. Ademais, mais importante que devaneios e memórias deturpadas é o resultado de 1964 que foi a preservação da unidade da sociedade honesta contra os maus caráteres e vagabundos. Atualmente vemos quem era essa “gente” escroque e imunda e o potencial de destruição que suas idéias criminosas têm. E pra terminar, viva 31 de Março de 1964.

    • Luc M

      Perfeito seu comentário. Toda infra estrutura que mantêm esse país funcionando até hoje foram as realizadas no período do REGIME militar. Todas as obras iniciadas nos últimos 30 anos, 70% foram superfaturadas e estão abandonadas, os 30% restantes concluídas, depois de terem os preços já superfaturados reajustados varias vezes. Tudo fruto do projeto de poder dos comunistas que estão na política tupiniquim.