Damares escolhe indígena como secretária de Igualdade Racial e surpreende movimento negro

Damares AlvesDireitos humanosfunaiFundação Nacional do Índiogoverno BolsonaroHenrique Afonsoigualdade racialJair BolsonaroNuno CoelhoONG Aldeia Brasilquestão indígenaSandra TerenaSEPPIR
Comentários (2)
Comentar
  • Jeferson Matos.

    Se não for negro não serve, se não pensar igual negro não presta. Assim falou os atrasado de plantão do tal movimento negro.

  • Fábio

    É o típico caso que dá tela azul na cabeça do esquerdista. Ele quer defender a causa negra, mas não pode xingar o índio, visto como minoria de igual quilate. Quando a situação envolve dois oprimidos (de acordo com a cantilena marxista), cria-se um impasse para a turminha da lacração.