Serra vira réu por caixa 2 três horas antes de crime prescrever

caixa doisGilmar Mendesjosé serraMPESTF
Comentários (2)
Comentar
  • Edison Sampaio

    Sou contra pena de morte, mas defendo penas de trabalhos forçados (quebrando pedras!) e confisco de bens. Ladrão do “colarinho branco” tinha q ser reduzido à pobreza e só poderia ser defendido por Defensor Público, nunca por advogado particular. Também sou contra longas penas. É suficiente o confisco de bens e apenas seis anos de trabalhos forçados. Com direito a pão e água se não produzir a cota diária de paralelepípedos.

  • Jorge Teixeira Carneiro

    Só tempo que o funça vai levar pra trazer o processo para o gabinete do Beiça e por acaso o Beiça está em um almoço com medalhões de lagosta e vinho de 5 premiações.
    Não vai dar tempo

    Já prescreveu…