Ministros mantêm no STF processos contra deputados, entre eles o que tatuou “Temer”

DEMJudiciáriomarco aurélio melloparlamentares investigadosPGRprocuradoria-geral da repúblicaProfessora Dorinha SeabraSolidariedadeSTFsupremo tribunal federalWladmir Costa
Comentários (1)
Comentar
  • wzfr

    É melhor deixar os processos com os amigos do stf.