Ministro do STF autoriza senador preso a exercer o mandato durante o dia

acir gurgaczAlexandre de MoraesBanco da AmazôniaBasacomplexo penitenciario da papudacorrupçãoJudiciárioministério público federalMPFPFSenadosistema financeiroSistema Financeiro NacionalSTFsupremo tribunal federalTribunal Superior EleitoralTSE
Comentários (6)
Comentar
  • Bento Sartori de Camargo

    Mais um ponto para a juíza Eliana Calmon, que ao deixar o CNJ afirmou alto e bom som: o Judiciário Brasileiro está cheio de “bandidos de toga”. A sociedade tem o dever cívico de exigir nas ruas o LAVA TOGAS imediatamente!.

  • Fred

    Vergonhoso! Conforme Art. 92 do CP que trata sobre os efeitos da condenação, quando for aplicada pena privativa de liberdade por tempo superior a 4 (quatro) anos, ocorre a perda de cargo, função pública ou mandato eletivo, que é o caso dele! Foi condenado a 4,5 anos. Esse STF francamente deveria ter medo de suas atitudes protecionistas a desonestos e corruptos! Isso sim vai ruir com a instituição. O soldado e o cabo irão lá apenas para limpar os destroços.

  • Edison Sampaio

    Meu Deus, que vergonha! Como nossa “Justiça” (???) permite uma desgraça dessas? Um Senador da República é condenado à prisão por crimes contra o sistema financeiro nacional e nossa “Justiça” (???) ainda permite que esse ladrão continue ocupando uma cadeira no Congresso Nacional.
    Me diga aí, freqüentador deste valoroso fórum, nessa treta tem ou não tem “rabo preso”…?
    É com o diz o Professor Marco Antônio Villa: “- Não podemos perder nossa capacidade de nos indignarmos contra a bandalheira que assola os 3 Poderes da República!”

  • Hideraldo Hito

    Lamentável. Só no Brasil, mesmo. Lixo de justiça. STF: Suprema Troca de Favores.
    Ainda bem que isto vai mudar a partir do ano que vem.
    Agora é Bolsonaro Presidente.

  • wzfr

    É por isso que o povo nao respeita e nao acredita nos integrantes do STF (aparelhado), é vergonhoso ver os ministros atuando sempre a favor dos políticos criminosos, ladrões, bandidos e corruptos, é uma ação entre amigos e comparsas.

  • mariossergio

    É vergonhoso fazer parte de uma nação onde muitos de seus legisladores que, apesar de condenados, continuam criando leis, votando normas, conduzindo o país. Triste…