Barroso prorroga inquérito dos Portos, que investiga Temer, pela quarta vez

corrupçãoDecreto dos PortosGoverno Temerinquérito dos portosLuís Roberto BarrosoMichel TemerPGRprocuradoria-geral da repúblicaRocha LouresSTFsupremo tribunal federal
Comentários (2)
Comentar
  • Monteiro

    Se fosse para o Lula ele já teria baixado o sarrafo era vapt vupt ligeirinho

  • Gabriel Brittes

    Não tem como, é foro privilegiado, votação de denuncia, autoridade máxima de presidente da republica… É questionável essa “democracia”/ se todos são iguais perante a lei.