Sociedade Brasileira de Imunologia desaconselha cloroquina para covid-19

azitromicinacloroquinacovid-19HidroxicloroquinaintubaçãoJair BolsonarooseltamivirSBISociedade Brasileira de Imunologia
Comentários (12)
Comentar
  • Edison Sampaio

    Se esse porralôca fosse médico, por pior q fosse, ainda ía lá tanta obsessão por receitar remédios, mas o Capitão Encrenca não passa de um maluco trapalhão. Essa é a verdade.

  • Cláudio Cesar Lima

    Embora em algumas pessoas infectadas pela COVID em estado intermediário tenham obtido sucesso com o uso da Hidroxicloroquina + Azitromicina, a diferença entre o sucesso e as mortes é desanimadora e indica que o medicamento não é o adequado para todos. Assim, tornar todos que estão ali a mercê da coincidência e sem direito sequer a uma escolha (nessa hora desesperadora), torna-os cobaias de “suposições” que não são baseadas nas evidências, assim como tornam cobaias aqueles que seguem indicações presidenciais de “sair de casa” em hora inadequada, antecipada. Aguardar mais um pouco (mesmo com a economia em frangalhos) é como ficar o dia inteiro com um sapato apertado e, à noite, retirá-lo; o prazer seria imensurável.
    Embora eleitor de Jair Bolsonaro (o que o fiz nas duas vezes), sinto-me enganado, enojado em como alguém (assim como Trump) pode ser tão obtuso.

    • CARLOS ALBERTO RANGEL

      Vamos fazer o seguinte… explica.. POR QUE a cloroquina é vendida no Brasil a mais de 60 anos…. com tarja vermelha (ou seja, você nem precisava de receita médica para comprar).. e AGORA todo mundo “passou a temer a cloroquina, porque mata?”
      POR QUE O David Uip e o Roberto Kalil… MÉDICOS.. quando se viram infectados pelo covid… correram para usar a cloroquina E FORAM SALVOS??

      • Cláudio Cesar Lima

        Carlos, a Cloroquina realmente é vendida desde os anos 40, destinada a pessoas infectadas com lúpus e malária, entre outros males. No caso do COVID-19, tão misterioso e mutante a cada momento, o uso indevido pode levar a pessoa à morte. O sucesso, portanto, em alguns casos sugere uma “diferenciação”, uma espécie de camuflagem que pode dar essa falsa impressão de uma cura momentânea, sujeita, portanto, a uma volta ainda mais danosa, assim como as bactérias que se tornam superbactérias com o uso indevido de antibióticos.
        A vida, mesmo na eminente perda (a falta de ar, o arroxeamento, o desespero e o tentar agarrar-se a qualquer coisa que não está ali presente) é o bem mais precioso; ninguém “quer” morrer, principalmente dessa forma.

        • CARLOS ALBERTO RANGEL

          Cláudio.. o coronavirus não tem NADA de misterioro. É um virus de gripe com avanço para infecções respiratórias. E NÃO.. a cloroquina usada contra o covid 19 NÃO pode matar pelo simples fato de ser o covid. A cloroquina pode causar problemas a quem a toma, como QUALQUER outro remédio se tomado de forma errada, dose errada, com a mistura errada ou no tempo errado. A cloroquina.. se usada no ÍNICIO dos sintomas NÃO MATA NINGUÉM. Se o fizesse.. NÃO seria liberado para venda até SEM RECEITA MÉDICA. Como sempre foi.
          Se ela VENCE o covid 19 em TODOS os casos, é lógico que não (COMO QUALQUER REMÉDIO CONTRA QUALQUER DOENÇA). A cloroquina NÃO é um milagre. Ela é UM REMÉDIO. E só isso.
          Agora.. dizer que ela NÃO é efetiva… sendo que MÉDICOS (inclusive o infectologista David Uip) correram a tratar-se com a cloroquina assim que tiveram sintomas de covid… é baixaria.. é usar apenas a raiva ideológica, ou a informação viciada de uma mídia infelizmente esquerdista.. para DESACREDITAR algo que PODE SIM salvar vidas e que poderia ter salvado milhares destes que já morreram.
          Daí eu te pergunto…. David Uip tomou e foi salvo, Roberto Kalil tomou e foi salvo….. se você ou alguém da sua família forem infectados… você vai PEDIR pra tomar.. ou vai esperar que “seu corpo se cure’??

    • Edison Sampaio

      É isso aí!

  • CARLOS ALBERTO RANGEL

    Daqui a pouco tempo… o uolzinho.. a foice de sp e a mortadelada em geral.. SERÃO OBRIGADOS a admitir que o PRESIDENTE JAIR BOLSONARO tinha razão sobre a cloroquina desde o início.. e assistir a ginástica que farão para tentar negar isso… VAI SER ÓTIMO!!!! KKKKKKKKKKKK

  • Valdir

    Vai ver que por não ser eficaz é que os governadores do Maranhão e de São Paulo incluiram em seus protocolos o uso da Hidroxicloroquina. Como disse o Caio Coppola hoje na CNN, São Paulo começou a usar sem bater tambor.
    Pesquisas mostram que dentre os vários medicamentos que estão sendo usados, destacando que todos “SEM COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA”, a Hidroxicloroquina é o que tem sido mais eficaz.
    Para os idiotas que politizam a doença, assistam a entrevista da Nise Yamaguchi na CNN, outra mídia esquerdopata.
    O problema da mídia esquerdopata é ter que dizer: ” O Bolsonaro tem razão!”

  • Marcos Brasil Antonio lopes

    Muito interessante o parecer da SBI sobre a cloroquina e aliados. Todos que foram tratados nas redes particulares de saúde, logo após os primeiros sintomas e confirmados com a Covid-19 tiveram uma recuperação rápida e eficaz. Agora, da forma que os estados e municípios, de modo imprudente e irresponsável, adotaram para os pacientes, ficarem em casa e, só procurar socorro médico quando a doença se agravou, aí fica difícil. Tentar reverter o quadro depois que a vaca foi para o brejo, lascou, simples assim. Nós confiamos no nosso presidente e vamos com ele. Não confiamos; nos deputados, senadores, ministros de STF…….

    • José Oliveira

      Você sim, é sem dúvida alguma, só mais uma das milhares de vacas que irão para o brejo, se continuarem a confiar no grande especialista, não em COVID-19, mas, em acobertar e prestar congratulações a bandidos, sobretudo, milicianos.

      • CARLOS ALBERTO RANGEL

        ADORO o ódio que vocês da mortadelândia tem do PRESIDENTE JAIR BOLSONARO. ADORO. É bom DEMAIS saber que enfiamos o pé no rabho imundo da esquerda.. e que jamais vão voltar ao poder. JAMAIS!

  • Vittorio Serafin

    Façam o seguinte, que os contrários a cloroquina, façam constar essa informação em seus desejos e ponto !