‘Rouba, mas faz’: os eleitores perdoam os corruptos competentes?

Publicidade
AronsonBågenholmcandidatosCaselli & Morellicompetênciacorrupçãodinheiro públicoeduardo giannettiFestingerhonestidadeJordi MuñozKlasjna & TuckerKurerpaulo malufPedraPeter Esaiassonpolítico corruptoWeitz-ShapiroWinters
Sem categoria
Comentários (0)
Comentar