Senado engata marcha lenta e barra pauta prioritária de Temer até eleições

Alessandro Moloncadastro positivoCâmaraCássio Cunha Limacessão onerosaCongressoDarcísio Perondiduplicata eletrônicaeletrobrasEunício OliveiraGoverno Temerjosé carlos aleluiaMichel TemerpautapetrobrasRenan CalheirosRodrigo MaiaSenadoVotações
Comentários (2)
Comentar
  • Bento Sartori de Camargo

    Esse é o maior risco que sendo eleito o Bolsonaro vai ter de enfrentar: uma Câmara e um Senado que se não “fizer a maioria nas duas” vão fazer de tudo e mais um pouco para “frear os projetos dele ou de sua base. Por isso, a sociedade que não espere mudanças radicais de imediato nem a curto e até a médio prazo.

  • Bento Sartori de Camargo

    Tanto Câmara quanto Senado tem 99,99% de vagabundos que não gostam de dar prioridade para o desenvolvimento do Brasil. e ainda tem a “CARA DE PAU” de vir pedir voto para “SE REELEGER”, eleitor que tem vergonha na cara JAMAIS REELEGERIA algum politiqueiro patife que não pensa na sociedade. Fora todos, não vote inclusive em parente de político no mínimo até a 3ª geração. Chega de patifes no poder!.