Raquel Dodge tenta barrar gastos de R$ 99 milhões do governo com publicidade pró-reforma da Previdência

cármen lúciaeconomiainconstitucionalidadePGRpicturesprevidênciapropaganda institucionalRaquel Dodgereforma da previdênciaSTF
Comentários (0)
Comentar