Palocci atuou como “porta-voz” de propina a Delfim; ex-ministro é suspeito de receber R$ 15 milhões

Andrade GutierrezBelo MonteCamargo Corrêacorrupçãocrise brasileiraDelfim Nettoditaduraditadura militarDrousysFausto MacedoJ. Malucellijoão figueiredoLava-JatoOASOdebrechtoperacao buona fortunaoperação lava-jatopetrobraspetrolãoPFpicturesPolícia Federalpropina
Comentários (0)
Comentar