Os senadores sob suspeita e o que eles dizem sobre as acusações em análise no STF

acir gurgaczAécio Nevesaloysio nunesAntonio Anastasiabenedito de liraBlairo MaggiCássio Cunha LimaCidinho SantosCiro Nogueiracorrupçãocrise brasileiraDalírio BeberDário BergerDavi AlcolumbreEdison LobãoEduardo AmorimEduardo BragaEunício OliveiraFernando Bezerra CoelhoFernando Collorficha sujaGladson Cameligleisi HoffmannHumberto CostaJader BarbalhoJorge VianaJosé Agripinojosé pimenteljosé serrakátia abreuLasier MartinsLegislativo em criseLídice da MataLindbergh Fariasmaria do carmo alvesMarta Suplicyomar azizparlamentares processadospaulo rochapicturesprocessosRenan CalheirosRevista Congresso em FocoRevista Congresso em FocoRicardo FerraçoromárioRomero JucáRonaldo Caiadosenadores réusSérgio PetecãoSTFTelmário MortaValdir Rauppvanessa grazziotinvicentinho alvesWellington Fagundeszezé perrella
Comentários (3)
Comentar
  • Francisco Antonio de Carvalho

    SÃO MUITOS DENUNCIADOS. AGORA O MAIS IMPRESSIONANTE É DO VERME RENAN CALHEIROS. A FICHA DELE: Ex-presidente do Senado, acumula 13 investigações (2593, 3993, 3989, 4171, 4172, 4202, 4211, 4213, 4215, 4216, 4267, 4326 e 4354) no STF por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, desvio de dinheiro público e falsidade ideológica. Dez deles estão relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras, apurado pela Operação Lava Jato, e um decorre da Operação Zelotes, que investiga fraudes no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão de controle vinculado ao Ministério da Fazenda, e a venda de medidas provisórias. O mais antigo deles, porém, remonta à acusação de que o senador teve despesas pagas por um lobista de empreiteira, caso que o levou a renunciar à presidência da Casa e quase lhe custou o mandato de senador em 2007. Por esse caso (2593), o senador virou réu por destinar parte da verba de gabinete para uma locadora de veículos que não prestou o serviço, segundo a PGR.

  • Helineia Silva

    em alguns estados todos os 3 senadores constam como indiciados- Acre,Mato
    Grosso, S.Paulo !!!

  • Tiago Cardozo

    salvo algum engano de minha parte, parece que somente o Distrito Federal e o Mato Grosso do Sul estão ‘limpos’, ao menos por enquanto.