Operação que levou Agnelo e Arruda à prisão apura agora desvios de R$ 208 milhões no BRT

Publicidade
Agnelo QueirozBrasíliaBRT SulcorrupçãoDFJosé Roberto Arrudapicturestransportetransporte público
Comentários (0)
Comentar