Liberdade artística como Direito Constitucional e o obscurantismo tardio

artecomunicaçãodireitos do cadadãoDireitos do homemDireitos humanoshipocrisialiberdademoralismonudezpolíticaprodução artísticareligiãorevoluçãoRevolução Francesa de 1789sexualidade
Comentários (1)
Comentar
  • Valter Hellmeist

    “o seu direito termina onde o meu começa”. hoje vemos nada além de fracassados nas artes usando dinheiro publico para, através de trabalhos e conceitos ruins, chocar a sociedade. os defensores dessas ideias sao igualmente ruins em qualidade de pensamento. personalidades famosas e comunicadores com acesso a impressa tentam justificar isso para ter os 15 minutos de fama ou tentar sair da escuridão do esquecimento dos fãs. nao vamos confundir liberdade com libertinagem, responsabilidade com perseguição. um menor tocar num ator nu e um tarado tirar seu prepúcio no ônibus pra mim são as mesmas coisas. dois pervertidos. nada mais