Desastre com barragem da Samarco acordou “monstro” de poluentes no Rio Doce, diz perito

Antonio Philamenabarragem da Samarcocrime ambientalcrise brasileiradesastre ambientalFundação SOS Mata Atlânticagestão públicaMarcus Vinícius AndradeMeio AmbienteMineradora SamarconaturezaPerícia criminalpicturespoluiçãoRio DoceSamarcoSamarco Mineração S/ASOS Mata Atlânticavalevale do rio doce
Comentários (0)
Comentar