Delação da Odebrecht cita repasse de R$ 7 milhões a ministro do PRB

Comércio Exterior e ServiçosMarcos Pereiramdicministrominitério da dústriaOdebrechtoperação lava-jatopetrolãopicturesTemer
Comentários (3)
Comentar
  • eleitor de lula

    Não posso acreditar que um MINISTRO tenha agido assim e merecido sua indicação para posto tão relevante. Na verdade, faz sentido, pois o ministério dele cuida de “negócios” também.

  • mariossergio

    E o PRB nega peremptoriamente que qualquer membro de seu partido tenha recebido propina. Igualzinho a todos os demais partidos e políticos.
    Se acreditarmos neles poderemos concluir que propina não existe, são todos um poço de ética…

  • Damir

    O cargo que ocupa como ministro dá ao ocupante o direito de foro privilegiado,portanto não pode ser investigado a não ser por iniciativa do STF. e isso lpode demorar ainda um tempo.