Cartão corporativo: com R$ 29 milhões em seis meses, governo diz que gastos “vêm caindo”

assembleia geral da onucartão corporativoCBNcrise brasileiraDilmaDilma Rousseffg20gastos públicosgestão públicagoverno federalGoverno TemerimpeachmentMichel Temerpicturespresidência da RepúblicaSecretaria de Comunicação da Presidência da Repúblicaverbas e cotasverbasecotas
Comentários (6)
Comentar
  • Marcia Pinho

    Mortadela em foco!

  • Emilio Le Roux

    Gente, pelamordedeus, chega de mimimi… deixa o canalh… opa… deixa o cara trabalhar. 😀 😛

    • Anaximandro Delmondes

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o chefe da quadrilha deletdo pela odebrechet faz me rir, golpista safado

  • Hilton Fraboni

    Tudo tem limite até essa carta branca para gastar o que não pertence a eles. Põe essa despesa dentro da verba de gabinete presidencial pré definida por lei.

  • Bento Sartori de Camargo

    Mais um “ralo de recursos do contribuinte” que necessita ser eliminado o quanto antes, ora já pagamos e muito bem esses caras e ainda estão cheios de regalias e mordomias como essa. Que banquem do seu salário que lhes pagamos toda e qualquer despesa própria. Chega de sustentar neguinho folgado!.

    • Ana Prado

      Pois é! Os caras ganham moradia com empregados, passagens e aviões da FAB, altos salários, carro com motorista, cartão corporativos, inclusive com função saque. E questionam o programa bolsa família?