Barroso rejeita arquivar inquérito contra Temer e prorroga investigação sobre Decreto dos Portos

corrupçãocrise brasileiraDecreto dos PortosEduardo CunhaGoverno TemerJudiciárioLúcio FunaroLuís Roberto BarrosoMichel Temerministério público federalMP dos PortosMPFPFPGRpicturespmdbPolícia FederalPorto de Santosprocuradoria-geral da repúblicaRaquel DodgeRocha LouresRodrimarSTFsupremo tribunal federal
Comentários (2)
Comentar
  • Paulo

    Pelo visto no desfecho desses processos ligados ao caso dos portos, Temer estaria como cidadão comum e a sentença deverá ser dura.

  • paulo1968

    Arquivar o inquérito contra o Temer seria a maior vergonha que este País poderia passar.