Sócrates e a Lei de Gérson

corrupçãocrise brasileiraesperançaéticafilosofiagabriele cornelliGersonGigesGréciahenrique froesinjustiçalei de gersonLídiapergunte aos clássicosPlatãoSócrates
Comentários (7)
Comentar
  • Sellene Ghenov

    Bela iniciativa! Apreciei o conteúdo. Parabéns à dupla!

  • André Sathler Guimarães

    Excelente texto. Parabéns!

  • mariossergio

    Faz sentido, mas será que há uma ponta nesse novelo? Não a vejo.

    E apenas uma correção: Gerson não diz ceeerto, diz cerrrto.

  • Xiko Acis

    Realmente a natureza humana é de difícil compreensão. Em termos da história da humanidade, podemos dizer que descemos das árvores, pouco mais de 5 minutos.
    Contudo, creio eu, que o tema ética e moral para nós brasileiros, tem um ruído histórico que ainda não foi corrigido. Na verdade, nas minhas andanças e estudos, poucas pessoas conseguem definir ética e moral de forma estruturada e convincente.

    Perdemos isso desde 1964 quando a ditadura militar tirou a filosofia das escolas. Aprendemos valores familiares, valores religiosos e até valores cívicos, que vocês sabem, não tem nada a ver com a ética e moral.

    Em 2006 voltou a obrigatoriedade da filosofia nas escolas. Porém não havia mais filósofos para ensinar de forma estruturada. Professores de outras disciplinas assumiram a missão, mas como sabemos, ética e moral mora no campo da filosofia e, é lá que os conceitos estruturados podem florescer.

    Sou professor de ética e meu desafio é ensiná-la em outras formações como Administração de Empresas por exemplo. Em um curso de graduação de 2.400 horas nesse campo do saber, apenas 40 horas é dedicada a ética e moral.

    Você sabem que não há como passar conceitos mais estruturados com esse tempo. Assim, vamos formando administradores como Joesley’s, Marcelo’s e outros do mesmo calibre. Isso ocorre também na medicina, na economia, etc.

    Se quisermos ter a oportunidade de, em outras gerações e não na nossa, termos um pensamento ético e moral estruturado, deveremos começar a ensinar ética desde a tenra idade por filósofos. Assim que sabe a Lei de Gerson um dia será esquecida.

    Abraços e parabéns pelo espaço.

  • Pedro Gontijo

    Muito interessante…temos que parar de ficar apensa satisfeitos com a última notícia do último plantão jornalístico. Precisamos mesmo rever os clássicos e com a ajuda deles repensar o hoje. É ler os clássicos para responder nossos interrogantes de hoje. Parabéns pela iniciativa.

  • Marcelo De Souza Cleto

    Muito bom, vale a pena ler e refletir.