Petroleiros redefinem estratégia após TST declarar greve ilegal. “Decisão é abusiva”, afirmam

Advocacia-Geral da UniãoAGUAlexandre FinamoricaminhoneiroscombustíveisCrise econômicaeconomiaeconomia brasileiraFederação Única dos PetroleirosFelipe PinheiroFUPgreveMaria de Assis CalsingPedro ParentepetrobraspetroleirospicturesSindiPetro-MGTribunal Superior do TrabalhoTST
Comentários (2)
Comentar
  • Euclides de oliveira pinto net

    Não possuem nenhuma legitimidade para julgar !!! Os petroleiros estão questionando a entrega de patrimonio público para grupos multinacionais abutres e o Judiciário vêm com uma decisão idiota como essa !!! São parceiros no crime de lesa-pátria !! Deve ser extinto este tribunal de terceira classe !!!

  • Indomável Érigor

    Só inocente confia na suposta isenção do judiciário. O juizeco Moro e seus fãs manifestoches que o digam.