“Não cometi crime algum. Fui vítima da armadilha de um criminoso”, diz Aécio na volta ao Senado

Aécio Nevescrise brasileiragrupo jbsjbsJoesley BatistaLegislativo em crisePGRpicturesprocuradoria-geral da repúblicaPSDBRenan Calheirosroberto requiãoSenadoSTFsupremo tribunal federalTasso JereissatiTurismo
Comentários (0)
Comentar