Juíza nega autorização de trabalho externo para João Rodrigues. Deputado preso vai recorrer

Câmaracrise brasileiraJoão RodriguesJudiciárioLegislativo em criseLei de Licitaçõeslei de responsabilidade fiscalLeila Curyministério público federalMPFpapudapicturesPinhalzinhoSanta CatarinaSTFSTJSuperior Tribunal de Justriçasupremo tribunal federaltjdft
Comentários (2)
Comentar
  • mariossergio

    A Assessoria de João Rodrigues diz que ele está a 63 dias isolado do convívio dos “seus”. “Seus” o quê? Cúmplices? Bandoleiros? Quadrilheiros? Salteadores?

    Deputado trabalhando prejudica a população. Imagine então um já condenado… Muito bem fez a juíza.

    • Hideraldo Hito

      Verdade.
      Só no Brasil mesmo, criminosos legislando.
      Lamentável!