Janot justifica delação que flagrou Temer, Aécio e Rocha Loures: “Crimes graves em execução”

Aécio Nevescorrupçãocrise brasileiraDilma RousseffEduardo CunhaGoverno TemerjbsJoesley BatistaLava-JatoMichel Temerministério público federalMPFoperação lava-jatopetrolãoPGRpicturesprocuradoria-geral da repúblicaRodrigo Janotrodrigo rocha loureswesley batista
Comentários (0)
Comentar