Governo recua e anuncia acordo para votar reforma da Previdência em fevereiro

crise brasileiracrise na baseeconomiaMichel TemerpicturespmdbprevidênciaPrevidência Socialreforma da previdênciaReforma políticaRomero Jucá
Comentários (4)
Comentar
  • Hilton Fraboni

    Os de-puta-dos só pensam em suas reeleições em 2018 e sacrificarão até as mães por isso…
    Mas a tal reforma apenas consistirá em aumentar o ônus sobre os trabalhadores da iniciativa privada que nunca gerou déficit, nunca usufrui do benefício projetado mas fica obrigado a trabalhar para que os demais deficitários usufruam seus privilégios. Isso não será reforma mas sacrifício.

  • Paulo Henrique

    goodbye, só em 2019 e olhe lá… mas reitero: SE VOTAR, NÃO VOLTAAAA!

    • Bento Sartori de Camargo

      Correto, inclusive nem pensar em votar em algum candidato no Brasil da sigla que votar essa imundície desde vereador até senador pois estão deixando de fora: JUDICIÁRIO / DEPUTADOS / SENADORES / MINISTROS E MILITARES. Mais uma sujeira da grossa. Pau que bate em CHICO também bate em FRANCISCO. Chega de enfiar toucinho no rabo de porco gordo!.

  • carpit1984

    Já era…hoje só amanhã…

    “Reforma” só em 2019, isso se o picolé de Xuxu criar coragem… o que é pouco provável.