Gilmar manda soltar novamente empresário de cuja filha foi padrinho de casamento; ministro diz não ter relação com Jacob Barata

casamentocrise brasileiraGilmar Mendeshabeas corpusimpedimentoJacob Barata FilhoJustiça FederalMarcelo BretasprisãoRio de JaneiroSTFsupremo tribunal federal
Comentários (0)
Comentar