No novo Senado, um em cada três senadores responde a acusações criminais. Veja a lista

acir gurgaczConfúcio Mouracorrupçãocrimes eleitoraisDário BergerEdison LobãoFernando Collorflavio bolsonaroJair BolsonaroLavagem de dinheiroparlamentares investigadosparlamentares processadosRenan CalheirosRomero JucáSelma ArrudaSTFValdir RauppWellington Fagundes
Comentários (4)
Comentar
  • Rubens Silva

    Vai dizer isto para os idiotas que votaram nestes safados. O duro é fazer com que eles entendam.

  • João Guilherme Maia

    ATÉ O ATUAL PRESIDENTE DO SENADO (DEM-AP) ESTÁ COM PROCESSOS, A LIMPEZA GERAL AINDA NÃO FOI SUFICIENTE, TEM QUE HAVER OUTRA EM 2022.
    O que se esperar de um Senado, onde de cada três senadores um está envolvido em algum problema com a Justiça e o campeão como sempre é o Renan Calheiros. Do total dos 81 senadores, pelo menos 25 senadores estão na mira da Justiça, inclusive o atual presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP). Este levantamento foi feito exclusivamente pelo Congresso em Foco. Dos senadores fichas sujas do Congresso Nacionalestão dentre eles o Sérgio Petecão (PSD-AC), Fernando Collor (Pros-AL), Wellington Fagundes (PR-MT), Confúcio Moura (MDB-RO) e Dario Berger (MDB-SC). Até o presidente atual do Senado está envolvido em dois processos.
    https://uploads.disquscdn.com/images/9f4285071a9177f0beab74e47057084cd9e72566703b77e10111361ab633f797.jpg

  • mariossergio

    São eles que administram nosso país. Se estão sujos é porque se interessam mais em se dar bem que subsidiar seu povo, prover sua nação. Por isso somos dos mais atrasados no planeta.