Kátia Abreu elogia reforma administrativa, mas chama de “aberração” excluir órgãos

cabotagemErnesto Araújoestabilidade de servidoresItamaratyJair Bolsonarokátia abreuPaulo GuedesPPreforma administrativaRicardo SallesRodrigo Maiaservidores públicosTarcício FreitasTereza Crisitina
Comentários (1)
Comentar
  • Valdir

    Ela estuda o assunto (cabotagem) há muitos anos, foi ministra da agricultura, presidente da CNA, e nesses anos todos, NUNCA apresentou um projeto sobre o tema. Agora, como o governo Bolsonaro anunciou no ano passado que faria esse projeto, ela “se cansou de esperar” e apresentou um projeto.
    QUE GRACINHA!