“Não há amparo para ruptura institucional”, diz General Peternelli

Academia Militar das Agulhas Negrascoronavíruscovid-19ditadura militarExércitoForças ArmadasGeneral Peternelligolpe militarJair BolsonaroLuiz Henrique MandettaMinistério da Saúde
Comentários (5)
Comentar
  • CARLOS ALBERTO RANGEL

    Se a esquerdalha quiser colocar as manguinhas de fora.. as forças armadas colocam a esquerdalha em seu lugar rapidinho! Tá tudo tranquilo! E vai continuar tudo tranquilo.

  • wzfr

    As instituições merecem e devem ser respeitadas quando há gente seria, honesta e proba em seus quadros, não é o caso, as mesmas estão infestadas de ladroes, corruptos e lesa pátria, o legislativo e o judiciário, foram cooptadas e aparelhadas pela bandidagem. É preciso sim general uma ruptura provisória para tirar destas instituições esses bandidos institucionalizados no poder, a força, só assim será feita a devida assepsia e expurgo destes vermes. Infelizmente os comandantes militares das FFAA de hoje são covardes, bundoes e muitos vermelhos por dentro e ficam com esse discurso de frouxo…braço forte, mao amiga e não libertam o Brasil dos cleptocratas no poder….. .e se dizem patriotas….

  • RômuloJ. Vieira

    Sinceridade!!!…Os governadores de todos os Estados decretaram hoje a ruptura mencionada pelo general,se a fala do Dória do Flávio Dino e de outros como o Caiado não for ruptura é o que?…O tal de Moisés de S.Catarina disse que lá manda ele…isso é o que?…Brasil como nação já acabou!!..mais 27 paisecos pobres no mundo!!!