Moro defende Bolsonaro no caso das candidaturas laranjas

candidaturas laranjasJair Bolsonarolaranjas PSLMarcelo Álvaro AntônioPSLSérgio Moro
Comentários (4)
Comentar
  • Edison Sampaio

    Não sei… Sérgio Moro encontra-se numa situação muuuito difícil. Se lavar as mãos, declarando que o causo ainda não foi julgado; que o bom senso recomenda aguardar a sentença para poder emitir sua opinião, etc, terminará se indispondo seriamente com o Bolso e, talvez, até sendo exonerado (o mais certo!). Se continuar agindo como agora, quase que metendo a mão no fogo por Bolso, compromete-se com a bandalheira, pois há bandalheira nesse causo do Álvaro Antônio, dando margem até para se suspeitar fortemente que Bolso foi beneficiado em sua campanha com recursos ilícitos da laranjada do PSL (você põe a mão no fogo, a esta altura do campeonato?).
    Bem, no fundo só lamento pelo Brasil e pelos bons brasileiros, como Sérgio Moro e boa parte do ministério de Bolso. E nós, claro, que já começamos a ter consciência de que o discurso de Bolso não bate muito bem com suas práticas. Esse causo do Álvaro Antônio e o causo dos filhos dele (Bolso) nos deixam com uma pulga atrás da orelha, certamente pelo tanto que sofremos com a roubalheira petista e seus partidos satélites.

  • João Orestes Daruy

    Parabéns ministro…

  • Felix

    Moro, um homem inteligente, orgulhoso e de vez em quando até arrogante. Como deve doer ter que bajular o bozo a toda hora!