Criminalidade aumenta no Rio de Janeiro mesmo com intervenção federal

criminalidadecrise brasileiraluiz fernando pezãopaulo storanipicturesPMpolíciaRio de JaneiroSegurança Públicaviolência
Comentários (8)
Comentar
  • Go Lopes

    Os pobres de direita acreditaram…

  • Edison Sampaio

    Não sei aonde estava com a cabeça o nosso admirável Comandante Villas Boas ao aceitar uma missão dessas. Imagino que tenha sido por excesso de zelo, de amor pelo Brasil, pela vontade de fazer algo em prol do Povo. E foi ai que, acho eu, nossas gloriosas Forças Armadas entraram numa gelada, pois sem dinheiro para bancar as operações e com a legislação frouxa que temos, é impossível fazer alguma coisa de positivo.
    Sou contra a pena de morte e execuções sumárias de bandidos, mas, francamente, sem a adoção dessas medidas drásticas, é impossível resolver a questão, pois é preciso cortar o mal pela raiz. Sou contra (mas faço vistas grossas). Acho que é preciso se implementar forte trabalho de INTELIGÊNCIA para se descobrir e eliminar radicalmente a bandidagem já instalada (se eu não tenho coragem de “fazer” isso, há quem tenha!). Paralelamente, há que se implementar ações sociais efetivas, suprindo as necessidades das pessoas pobres. Do jeito que a situação chegou no Rio de Janeiro, a coisa só se resolve com essas duas frentes: eliminação radical da bandidagem já instalada (sejam eles bandidos ricos ou bandidos pobres), e apoio social efetivo à população carente, que não tem para onde correr, pois é oprimida pelos bandidos e abandonada pelo Estado omisso.

    • Go Lopes

      Esse generalzeco tem que ser preso por Alta Traição à pátria! Entreguista! Não estamos à venda!

      • Edison Sampaio

        Sabe de nada! Melhor VC ir à missa, como mamãe mandou, viu?

  • 57ChevyBelAir

    Militar não faz policiamento. Faz busca e destruição do inimigo. Como na guerra.

  • Paulo

    Parece que a liberdade de expressão hoje anda cerceada nesse site

  • Hideraldo Hito

    Lógico! Falta puxar o gatilho.
    Esperando o que pra fazer a faxina?

    • Go Lopes

      Ele mata, ele