Bolsonaro se viu obrigado a ir à Câmara após recusa de Maia em receber Paulo Guedes

Jair BolsonaroPaulo Guedesreforma da previdênciaRodrigo Maia
Comentários (4)
Comentar
  • Bento Sartori de Camargo

    Vagabundos da pior espécie, só funcionam com as negociatas ou seja: a troco de cargos e vantagens pessoais. Continua a velha politicagem. Fora todos na próxima eleição de A até Z esses lixos tóxicos para o país e a sociedade!.Chega de politiqueiros patifes no Poder.

  • Regis

    Que comportamento chulo foi este do Rodrigo Maia??????Como pode chamar ministro de Estado de empregado do Presidente da República????? Que má vontade tremenda……Isso tudo será porque o presidente Bolsonaro levou 14 testemunhas para o tal almoço que seriam com quatro pessoas….Maia. Davi, Toffoli e o presidente Bolsonaro????? Bolsonaro disse que no governo dele, não haveria a velha e imunda forma de fazer política na base do toma lá, da cá, o que está correto. Então porque a Câmara e o Senado não começaram ainda e trancaram as pautas? Se não votarem a reforma o país vai quebrar, se não votarem a LavaToga, também o país estará sem segurança jurídica o que impedirá a entrada de investimentos. “A CULPA SERÁ do CONGRESSO.”

    • Roberto Cunha

      Será que vc não viu o que disse um deputado do próprio PSL no final da matéria? Não foi alguém da oposição, não! Vc fez que não viu, né?

  • Guilherme Togneri Guimaraes

    Está na hora do Governo listar o nome desses deputados, para que a população saiba quem insiste na velha política de chantagem !