Bolsonaro está “ameaçado por um atentado terrorista”, diz general Augusto Heleno

atentado terroristaAugusto HelenoBolsonarocampanhacorrida presidencialeleiçõeseleições 2018Exércitogustavo bebbianohamilton mourãoJair Bolsonaroorganização criminosaPCCPSL
Comentários (18)
Comentar
  • ALMANAKUT BRASIL

    Eliminem o Bolsonaro e deixem o General Mourão, para ficar mais gostoso o tranco forte em parasitas e peçonhentos que causam prejuízos ao Brasil!

  • Sidnei Alves

    Porque o repórter não perguntou a Polícia Federal?

  • carpit1984

    Dilma e outros PTRALHAS viviam bradando raivosamente “em eleições a gente faz o diabo”… LULA vociferou com todo odio histerico tipico dos esquerdofrênicos: “eles não sabem do que a gente é capaz não sabem com quem estão mexendo!!!”.
    E assim a trilha de cadáveres dos que enfrentam a organização criminosa só aumenta a cada dia.
    Bolsonaro teve muita sorte em Juiz de Fora e no Hospital.
    Mas como os terroristas dizem: “teve sorte desta vez… mas precisa ter sorte todo dia”
    #ESQUERDOPATASATERRORISTASNACADEIA

  • nani napoli

    KKKKK, Bolsonaro temeroso de debater com uma mumia paralitica igual este tal de haddad?????? Vcs nao tem nem vergonha de escrever isto? Entao, sinto lhes dizer, voces nao passam de TRAFICANTES de “noticias”.

  • Mario

    Sabe por que milico é tudo assanhado ? Por eles não terem uma guerra prá chamar de sua . Desde a mais terna infância , pensando em guerrear. Estudam de Bonaparte aos romanos … mas nunca conseguem ( graças aos céus ) realizar esse fetiche ! Aí tem que eleger o povo como inimigo. Como, aliás , sempre fizeram .

  • Tool

    Mas ele não é o machão que vai enfrentar facções criminosas? vai governar como? de dentro de um papamóvel, vai inaugurar obras por vídeo conferencia?

  • LAOL

    Perguntinha básica para os grandes “especialistas em segurança”: se o PCC quisesse matar alguém, iria mandar um coitado com uma faca de cozinha?! O PCC, que já vi notícia de usar 4 metralhadoras para um acerto de contas com um advogado, por questão de honorários?…

  • Jeferson Matos

    Ir a debates é uma opção, não é obrigação.

  • Fábio

    Bolsonaro desafia o establishment. Sua eleição representa a queda de toda uma casta encastelada no poder desde o pós-redemocratização, em sucessivos e ineptos governos de esquerda. Natural que queiram matá-lo e impedi-lo de alcançar o poder. Estão dispostos a fazer o diabo por isso. A histeria da imprensa contra ele é indicativa disso. Melhor evitar sair de casa mesmo.
    E quem achou exagerado o alerta do general, sugiro que pense na facada e em Celso Daniel para verificar que não.

    • Mario

      Vamos pensar em Herzog ? Em Rubens Paiva ? Manoel Fiel Filho ? Tem mais 1000 pra vc pensar !

      • Fábio

        Se é para tratar de longínquos regimes ditatoriais do passado, por que não mencionar o Estado Novo de Getúlio, período mais tirânico e assassino de nossa história? Os horrores do regime militar foram brinquedo diante das agruras da ditadura esquerdista de Getúlio, sabia?

  • Jairo Gomes Viana

    Nosso Exército precisa urgentemente de uma reformulação. São muitos os generais idosos que estão na reserva e que deveriam estar de pijama, mas estão dando palpites na vida política do país. A profissão de militar é vitalicia? No caso em questão é mais uma bravata para colocar o eleitor contra a esquerda. Qual o ato de baderna, violência, insubordinação civil, atentado, terrorismo, vandalismo, agressão e desrespeito praticado pela esquerda? Resp: Nenhum! Se Bolsonaro corre risco: 1) Ele próprio criou e produziu todas as condições. 2) Quem sabe o atentando não surja de dentro da própria base, se o poder tem várias nuances. 3) Como Bolsonaro hoje, no Brasil qualquer candidato corre risco, tal o clima de ódio que o próprio Bolsonaro cuidou de implantar no país.

    • Fábio

      Dificilmente vejo um comentário tão equivocado quanto este. O general Heleno já está aposentado, caso não saiba. E exemplo de atos violentos e de insubordinação da esquerda temos aos milhares. Poderia ficar aqui por décadas escrevendo sem parar. Mas ficarei em um único e eloquente exemplo: a facada de um militante do PSOL, que deixou o adversário entre a vida e a morte.

  • Sérgio Salomon

    Muitos tolos não acreditam, mas os bandidos brasileiros não querem que um homem de palavra e patriota alcance o poder. Esses bandidos tem gente infiltrada no jornalismo brasileiro para colocar notícias que sujem a imagem dos policiais e das forças armadas. AGORA A ESQUERDA FESTIVA BRASILEIRA NÃO ACREDITA PORQUE NÃO É COM ELES.

  • Ana Paula

    Bela tentativa,… Ele não quer perder voto por não saber debater e não saber como se defender. Apenas isso. A maior sorte desse cara foi essa facada no bucho …. pra ter motivo de nao ir nos debates

    • Hideraldo Hito

      Acorda. Acabou!
      PT NUNCA MAIS.
      Agora é Bolsonaro presidente.

    • Fábio

      Jaiminho Andrade tem o carisma de um poste (de presidiário), mente compulsivamente e foi o pior prefeito da história de SP.
      É melhor JAIR se acostumando. O povo quer mudança e não dará mais um mandato ao status quo corrupto, corporificado tão bem pelo PT.
      Já a observação de que a facada foi uma sorte é desumana. Lamentável ler isso. A esquerda não tem escrúpulos.

    • Helena

      Também me parece uma tentativa de endossar o decreto que criou a força-tarefa de inteligência aprovada por Temer no dia 15 de outubro. Somando o tal decreto com dispositivos legais anteriores como a lei anti-terrorismo há uma brecha p/ criminalizar movimentos sociais e ativistas.