TSE marca para 4 de dezembro julgamento das contas de campanha de Bolsonaro

general hamilton mourãoJair Bolsonarojustiça eleitoralLuís Roberto Barrosoprestação de contasTSE
Comentários (3)
Comentar
  • Dila Costa

    Bolsonaro é o político da máfia empresarial, e a justiça brasileira sempre foi aparelhada com os tubarões do poder. Bolsonaro mesmo com milhões de provas indicando falcatruas em suas campanhas, ou em sua trajetória política estará salvo. Enquanto Lula sem provas nenhuma continuará sendo sacrificado. Vergonha de ser brasileira. Vergonhaaaa.

  • Jairo Gomes Viana

    Eu tenho plena certeza e convicção que por mais que as contas do Bolsonaro não estejam corretas, nada lhe acontecerá em termos de impedimento da diplomação. O TSE não terá peito para barrar a posse, porque na realidade, o TSE não vai bater de frente com os generais que já haviam ameaçado o STF, através do bilhetinho do general Villas Bôas quando no processo de habeas corpus do presidente Lula. Se depender da posição do TSE, como não se trata do candidato do PT, Bolsonaro será diplomado com todas as honras cabíveis ao cerimonial, por mais que tenha cometido ilícitos eleitorais como foi o caso dos disparos de fake news no whatsapp.

    • Adyneusa Moura Oliveira

      As forças armadas são controladas pela burguesia do atraso, Fazem o que lhes ordenam.
      O poder econômico está por trás de todas mazelas vistas ultimamente, as prisões ilegais, as acusações sem provas, a proteção de alguns partidos políticos e a perseguição a outro.

      O candidato da burguesia era o Alckmim, Mas como não embarcou vai bolsonaro mesmo, desde que continue a agenda neoliberal do Temer, Ou melhor, será uma agenda pior, ultraliberal.
      Que amargará toda população mais pobre e classe média.