Reforma tributária do governo deixa alternativa à CPMF por último

Jair BolsonaroPaulo Guedesreforma tributáriaVanessa Canado
Comentários (1)
Comentar
  • Aparecida Santanna

    Deixa de Lado a CPMF E QUER TAXAR TRANSAÇÕES DIGITAIS.Espero que Rodrigo Maia não deixe passar as loucuras de Paulo ?Guedes SÓ PENSA em taxar CRIAR novos impostos sobre transações digitais que o governo está estudando pode ser bem mais amplo que a extinta CPMF. Ele não taxaria apenas transferências digitais em dinheiro, mas também operações com aplicativos de transporte, entregas, aluguel de patinetes, entre outros. A ECONOMIA ESTÁ PARADA, vai travar.