Futura ministra promete combater violência contra LGBTs, mas critica “ideologia de gênero”

Damares AlvesDireitos humanosequipe de transiçãogoverno Bolsonarogoverno de transiçãoidentidade de gêneroideologia de gêneroJair BolsonaroLGBTMinistério dos Direitos Humanos
Comentários (7)
Comentar
  • Jeferson Matos

    Já disse e repito : não gosto de fanáticos ( não importa o que fanatizam ). Ela é fiel seguidora de Malta, o que não é bom. Tenho muitas esperanças em Marcos Pontes, Sérgio Moro, Guedes… Mas nesse tipo de gente aí ( essa mulher ) não.

  • Jeferson Matos

    Esse ministério tinha que ser extinto, e Bolsonaro poderia cumprir sua promessa de menos de 20 ministérios. Essa mulher aí não tem equilíbrio para função.

  • João Guilherme Maia

    Mais um grande acerto do presidente Bolsonaro na escolha de um ministro para compor o futuro ministérios de seu governo, a partir de 2019. Agora foi uma ministra e a escolhida foi a assessora parlamentar Damares Alves para comandar a pasta do ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Ela é uma tremenda guerreira e luta pelos direitos morais da família, principalmente condenando a ideologia de gênero nas nossas escolhas. Mais uma vez parabéns presidente Jair Bolsonaro, por mais essa brilhante escolha para um dos seus ministérios e com certeza o seu governo irá dar certo, simplesmente porque o senhor está realmente se preocupando com a família, que esteve abandonas por esses governos comunistas corruPTos dos últimos vinte anos. https://uploads.disquscdn.com/images/b640b54e864228f9bf3608b83d2ab08ad1c11caf298742bbf2c2b60090e28f29.jpg

  • Galileu

    Defender quem já é ou queira ser, em nada tem haver em ser contra ao incentivo pra que alguém seja.

  • Fábio

    Ideologia de gênero é pseudociência e fere de morte a biologia. Não é algo a ser ensinado nas escolas mesmo.

  • Adyneusa Moura Oliveira

    Mais uma pra completar o quadro dos loucos e desinformados desse governo.

    • Fábio

      Racionalidade devia imperar no barco comandado pela timoneira Dilma, não?
      Como não consegue contra-argumentar, apela para rótulos vazios.