Temer minimiza saída de médicos cubanos do Brasil e diz que Bolsonaro não herdará problema

CubaDireitos humanosgilberto occhigoverno BolsonaroGoverno TemerJair BolsonaroMais MédicosMichel TemerMinistério da SaúdePrograma Mais médicosSaúdesaúde pública
Comentários (5)
Comentar
  • João Orestes Daruy

    De Médicos não, mas de contas a pagar, muitas!!!

  • Jose Alcayde

    negociata do cubanos só fez o Brasil perder verba da sáude em R$7,1BI até 2017 e esse temer nada fez. ainda aprovou a bomba do STF no TN. lava-jato te espera em janeiro

    • Dila Costa

      Em 2013, Brasil além de não ter médicos suficientes para atender toda população, ainda tinha o problema dos nossos médicos não quererem atender em área de difíceis acessos, isoladas. Quer dizer então que para não perdermos verba, Dilma tinha que continuar fazendo, o que todos outros governantes, vinham fazendo? Ignorar o problema e deixar que milhões de brasileiros morressem às minguas, sem nenhum atendimento.

  • Jeferson Matos

    Temer acaba de sancionar o aumento salarial pra o STF, acaba de jogar uma bomba nuclear no colo de Bolsonaro.

  • Dila Costa

    Será que esse problema da falta de médicos em áreas remotas será resolvido mesmo, ou só será mascarado como era antes do governo do PT?