Fim da estabilidade não é solução para o problema do mau servidor, diz Kim Kataguiri

Adriana SchierFebrafitefim da estabilidadefuncionalismo públicokim kataguirireforma administrativaRodrigo Spadarudinei marquesSylvio CostaUnacon
Comentários (13)
Comentar
  • Valdir

    Esse Kim Katacokim é um IE. Foi querer lacrar em cima do Celso Russomano e levou uma invertida feia.
    A estabilidade é um cancro na Administração Pública. Mas tem que acabar para TODOS!
    FIM DA ESTABILIDADE JÁ!

    • Rodrigo Homer

      Sabe de nada, inocente. Acaba a estabilidade e eu quero ver um auditor da receita federal, por exemplo, investigar alguma coisa. Dependendo da pessoa com quem ele mexer, perde o emprego. Vai ser pior do que já é em termos de corrupção e favorecimento a grupos ou pessoas…

      • Valdir

        ?????

  • Caio Vinícius

    Poder demitir servidor é puro patrimonialismo. Se o cara não trabalha direito, reduz gratificação que pode ser uma parcela grande do vencimento. Sou servidor e 60% do meu pagamento é proporcional a avaliação q recebo. Mas esta parcela pode ser maior.

  • Ermelindo Rodrigues

    Se a Reforma Administrativa atingir todos os escalões, já será um bom começo. Mas a nata do funcionalismo público mais uma vez está e fora.

    • Anderson Wergutz Flip

      Bolsonaro manda um ósculo e um amplexo…

      • Ermelindo Rodrigues

        Manda um ósculo demoníaco e n Cristão

  • Jorge Teixeira Carneiro

    Fim da estabilidade não é a solução. A solução é poder demitir. De que adianta aprovar o fim da estabilidade, se ninguém vai ser mandado embora. Mais uma lei pra inglês ver.

    • Rodrigo Homer

      Mas já pode, uai. Existem meios de demitir o mau servidor, isso não é novidade. Já acabar com a estabilidade, também acho que não resolve pois como eu mencionei num outro comentário, vai ficar pior do que já é em termos de corrupção e favorecimento a certas pessoas ou grupos porque é muito mais fácil pressionar um servidor que não tem estabilidade. Imagine um auditor da receita investigando alguma fraude financeira? Dependendo de com quem ele mexer, perdeu o emprego…

      • Jorge Teixeira Carneiro

        Comentário controverso. Se já existe a demissão de funcionários público, então já deve ter gente sendo demitida a pedido de alguém.

        • Rodrigo Homer

          Não vejo onde. Os requisitos legais são completamente diferentes, meu amigo. Não confunda o funcionamento da CLT com funcionalismo estatutário. Quem é estatutário é bem mais difícil de sofrer perseguição e perder emprego por isso devido à estabilidade que querem extinguir. Já o mau funcionário, desde que, atendidos os critérios legais para tal, pode ser demitido por desempenhar mal suas atribuições.

          • Jorge Teixeira Carneiro

            É só ver o caso de juízes e desembargadores corruptos que são punidos com a aposentadoria compulsória. Vão para casa curtir o descanso.

          • Rodrigo Homer

            Judiciário é uma “casta” diferente, ainda não percebeu? Esse tipo de aberração é inerente a eles. Se pensa que a esmagadora maioria dos servidores públicos possuem esses privilégios, venho aqui pra te dizer que está muito longe da realidade…