Ou vocês ajudam a aprovar as reformas ou ficarão sem dinheiro, diz Paulo Guedes a governadores

BolsonaroeconomiaEunício OliveiragovernadoresimpostosJair BolsonaroJoão DoriamilitarOnyx LorenzoniPaulo Guedesposto ipirangaprivatizaçãoPSLRenato CasagrandeRodrigo MaiatransiçãoWellington Dias
Comentários (8)
Comentar
  • Kleber Merlim

    Essa retórica do Paulo Guedes, estilo “é tudo ou nada” está virando uma marca dele, que prefere a chantagem política ao diálogo. Ele será um dos condutores desse governo sombrio, onde o presidente será apenas mero figurante, dada sua incapacidade e incompetência que ficaram patentes durante seus 27 anos de mandato na câmara. Guedes é taxativo sobre a questão da dívida externa, colocando-a como um erro do passado e portanto irreparável. De fato é um erro e gravíssimo no que diz respeito a soberania de um país, mas ao contrário do que diz, há saída sim: auditoria da dívida, a qual está prevista na Constituição. Outro ponto que me chamou a atenção foi quando falou da reconstrução da Europa no Pós Guerra, como se por lá o liberalismo tivesse sido implantado. Naquele período o Estado foi central ao reerguer a economia e sua produtividade não somente com a simplicação e desburocratização tributária, mas investindo em áreas estratégicas da ciência e da tecnologia, restabelcendo w rwnovando sua industria e infraestrutura, sempre aliado a um Estado de bem estar social. Ao invés de espoliar o povo com reformas nefastas na área social e propor privatização, os Estados nacionais na Europa promoveram e reverteram essa reestruturação macroeconômica e não liberal a favor de uma sociedade mais equitativa do ponto de vista da distribuição das riquezas produzidas socialmente.

  • Teresinha Winter

    Calado ele é um poeta. Kkkkkkkkkkk

  • Adyneusa Moura Oliveira

    Será apenas um fantoche nas mãos de sua equipe assim como foi Temer, Com uma grande diferença, Temer sabia o que estava fazendo, é inteligente tinha seus interesses.
    Bolsonaro é despreparado, ignorante, Não tem ideia o que seja governar o país.
    Já deu pra vê nos ida e vindas sem saber pra onde vai.

    Quando a gente não sabe onde vai, Onde o vento levar ta bom.
    Vamos acompanhar o vento.

  • Valdir

    Morei 3 anos e meio em Fortaleza. Mais que investimentos, o nordeste do país precisa é de políticos honestos e de caráter. Todo investimento público em R$ enviado aos estados nordestinos acabam nos bolsos dos coronéis e seus clãs (Sarneys, Calheiros, Jucás, Lobões, Barbalhos, Vianas, Raupps, Maias, Collors, etc.).
    O povo é adorável! Mas ainda sofre nas mãos desses bandidos.
    Tudo que está na carta dos governadores, o PT e todos esses politicos citados tiveram 14 anos para fazer e não fizeram nada além de roubarem.
    Espero que o Presidente Bolsonaro dê atenção especial com forte investimento, mas direto com o povo. Não coloque dinheiro público nas mãos dos políticos. Desenvolva projetos federais sob o comando do governo federal.

    • Narc

      Acho que você não leu ou ouviu a declaração acima, você quer que ele faça o oposto do que ele está propondo no discurso quase de posse e da linha de governo que ele apota desde o plano registrado na campanha?

      • Valdir

        Para com o nordeste, sim!
        É um caso especial e deve ser tratado como exceção, não como regra. Se der o dinheiro nas mãos dos governadores o dinheiro vai sumir e o povo continuará na miséria, sendo tratado sem dignidade. Depois que os projetos estiverem implantados, aí deixa a administração nas mãos dos governos estaduais/municipais.

  • Ernesto Freire Pichler

    Vai ser um desastre, mas não para os banqueiros e para o imperialismo.

    • Adyneusa Moura Oliveira

      É um programa para rentistas nada mais.
      Vê se falam na dívida pública.