Eduardo perde a liderança do PSL minutos após assumir informalmente

Comentários (8)
Comentar
  • Fabio Waldow

    O PSL está sofrendo um ataque da milícia que permitiram entrar no partido. Essa família liderada por Jair nunca respeitou ninguém, a exemplo do mau comportamento do Messias durante toda a sua vida, inclusive como militar, quando foi várias vezes repreendido e até punido por sua indisciplina e desvios de caráter. A prole, como diz o ditado, não caiu longe do pé, como bem vemos, melhor agora, pela exposição e evidência que o poder executivo proporciona. Enquanto legislativo, os Bolsonaros podiam dormir em expediente, faltar ao serviço pra comprar sabe-se a o que, mas algo estranho que poderia colocá -los na papuda – como certa vez alertou Messias. Como legisladores, podiam ser plantadores de laranjas ou abrirem um centro espírita para funcionários CCs fantasmas. Mas no executivo tudo muda de figura. Agora todos estão conhecendo a família e só seguirá apoiando-os os que são feitos da nesta matéria podre. Quanto a essa manobra de colocar os filhos pra dominar o partido, reconheço que foi uma jogada de mestre, arriscada, é verdade, pois estremece ainda mais esse desgoverno incompetente, mas se o partido deixa os filhos dominarem, a família controla e tem em mãos uma fortuna em dinheiro público destinado ao PSL, valor infinitamente maior que as movimentações do Queiroz aqueles 2 anos. Se o PSL reage e expulsa os desordeiros maloqueiros, permite que os pilantras levem consigo o cargo. A pergunta é: vale tudo por dinheiro?

  • peterson

    Se eu pudesse contribuiria com 1 litro de gasolina

  • Antonio Veras

    Mas então. E aquela história de acabar com o PT? O cara está acabando com o próprio partido. kkkk

  • Joãozinho Nneves

    DEM articular fusão com ala pró-Bivar do PSL October 17, 2019

    A cúpula do DEM articula com o grupo político ligado ao presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), uma possível fusão entre os dois partidos. Na noite de terça-feira, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), disse a líderes do Centrão – bloco formado por DEM, PP, PL, Republicanos e Solidariedade – que, se o presidente Jair Bolsonaro sair mesmo do PSL, as negociações com a sigla comandada por Bivar podem avançar.
    A “inconfidência” de Maia foi feita durante churrasco oferecido por ele ao deputado Alexandre Frota
    (SP), que comemorava 56 anos. Frota foi expulso do PSL em agosto, após
    criticar Bolsonaro, e se filiou ao PSDB. Na festa, ocorrida na
    residência oficial da Câmara, estavam integrantes do chamado “PSL
    bivarista”, além de políticos de outros partidos.”

  • Andrea Lucia Chaves

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a carla tá revoltada pq vai ser expulsa ahahahahahahhahha

  • Marcelo Santana

    O fracasso já está embutido na abjeta prole. Vivem das migalhas que o papai neofascista deixa, mas nunca terão luz própria. Patético.

  • Felix

    Sujeitinho não só com aparência asquerosa, mas também o caráter.

  • RODRIGO

    Pega fogo cabaré!!!!