Com alta inflacionária, Bolsonaro chama de “idiota” quem compra feijão em vez de fuzil

CACeconomiaGoverno Jair BolsonaroIBGEinflaçãoPalácio da Alvorada
Comentários (0)
Comentar