Bolsonaro pedirá a Moro que PF ouça porteiro que o citou em investigação sobre assassinato de Marielle

assassinato de marielleÉlcio QueirozJornal Nacionalmarielle francoPFPolícia civilPolícia FederalRonnie LessaSérgio MoroWilson Witzel
Comentários (2)
Comentar
  • luiza Soares

    Cruz credo, eu prefiro ter um filho gay do que ter um filho bandido.

  • lineu

    Ué…não é melhor ter um filho bandido…do que um filho gay?