Senado aprova multa para quem paga salário inferior a mulher

CLTdesigualdade salarialdireitos trabalhistasempresasfernando bezerraigualdade de gênerolegislação trabalhistamercado de trabalhomicroempresasmulheressaláriosSenado
Comentários (3)
Comentar
  • André Luiz

    Mas do que justo ! Se tem a mesma aptidão profissional em todos os sentidos cumprindo as metas da empresa por que pagar menos ? Se for por causa da gravidez ficando 1 ano sem produção e não dando retorno a empresa somente custo, não admita mulher e ponto final.

  • Galileu

    A mesma função não significa a mesma aptidão profissional. No caso de não poder pagar salário menor, por isso, o empregador optara por empregar apenas homens cuja obrigação não exista em pagar salários iguais.

  • Pacificattore

    Direitos iguais, né?
    E empresas / cargos, onde as mulheres ganham mais que os homens (devem existir…), também vale a equidade, ou aí deixa pra lá?