Lira anula convocação de Braga Netto para explicar farra da picanha

aluisio mendesarthur liraBraga NettoElias Vazfarra da picanhaFernando Azevedo e SilvaForças ArmadaspicanhaRicardo Barros
Comentários (8)
Comentar
  • Valdir

    Pô! O Braguinha já estava com a lista de compras desde 2003 para comprovar que sempre foi esse patamar, aí cancelam?

    “um desrespeito à democracia ao atingir o preceito constitucional do deputado de fiscalizar o executivo.”
    Não cita o artigo.
    “um desrespeito à democracia ao atingir o preceito constitucional dos deputados serem invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos.” CF88, Art.53.

  • Tim Tim

    É tudo pela Pátria amada Brasil.

    • Jorge Teixeira Carneiro

      E tudo pela justiça também.
      https://www.poder360.com.br/justica/conheca-os-gastos-mais-excentricos-do-stf-como-r-11-000-em-cafezinho/
      O cafezinho é etíope…

      • Flávio G.

        Em que pese a origem do café, ao menos, é café. Agora, comprar cerveja? Mas, o mais importante, não é porque um não é investigado que todos não devam ser! O ideal seria sim investigar a todos e cortar regalias. Mas, deve-se iniciar sim a cobrar as autoridades, e não justificar os atos de uns com atos de outros, como tem sido cada vez mais frequente.

        • Jorge Teixeira Carneiro

          Mas foi exatamente o que eu falei, não sabe ler?
          Eu só falei do cafezinho porque a exigência é tem que ser etíope, mas no rolo tem bebidas de luxo e comidas sofisticadas também.
          Aliás, isso é antigo, muito anterior a 2019.
          Vem de décadas.

          • Flávio G.

            Sim, sei ler, meu nobre. Só que como escreveu tão somente uma frase, há certa margem de interpretação. Infelizmente está comum o posicionamento de “ahhhh, mas se querem investigar X antes tem que investigar Y também”.
            Infelizmente, sabemos que nem tudo vai ser investigado e esclarecido (e deveria). Mas, por alguém vai ter que começar.
            Ou teremos um vale a pena ver de novo do que rolou com a Dilma: “primeiro tiramos ela, depois todos os demais”. Nunca mais saiu mais ninguém e a bagunça não cessou… e essa festa com o erário público parece que não vai acabar tão cedo.

          • Jorge Teixeira Carneiro

            Ah!!! O problema é a Dilma?
            Então é só ela se candidatar, que volta.

          • Flávio G.

            Eu não disse nada disso. Não sabe ler?
            Não fiz juízo de valor algum sobre a retirada dela, mas sim, critiquei a grande ilusão criada com a saída.