Colunistas

Um brinde à Amarribo

“Sugiro a cada democrata um gesto simples: visite a página da Amarribo na internet e conheça tudo o que puder sobre esse grupo de cidadãos que está mudando silenciosamente a história do Brasil”

No último final de semana, estive no interior de São Paulo para prestigiar um evento realizado pela Amarribo – Amigos Associados de Ribeirão Bonito. Era o XII Encontro dos filhos e amigos daquela cidade.

A organização nasceu pequena, ainda em 1999, com o propósito inicial de angariar recursos em benefício da cidade. Entretanto, seus membros logo perceberam que havia um problema maior a ser enfrentado: o desvio das verbas públicas em âmbito local.

Filhos ilustres da cidade – com formação em áreas como direito, administração e auditoria – elaboraram um livro que hoje é leitura obrigatória para todos que desejam ver o Brasil atacar de frente esse mal endêmico que é a corrupção. O Combate à corrupção nas prefeituras do Brasil, agora em sua quarta edição, contém dicas excelentes sobre como identificar práticas ilícitas voltadas à apropriação indevida de recursos públicos. A obra está disponível para download no sítio eletrônico da entidade.

Com as lições contidas na obra, qualquer movimento local por transparência na administração passa a dispor de ferramentas úteis para a identificação do desvio de verbas e a tomada de providências para a responsabilização dos infratores.

Desde o surgimento, a Amarribo foi a responsável pela destituição de dois prefeitos de Ribeirão Bonito, ambos descobertos se apropriando de verbas destinadas às políticas públicas. Por influência desses fatos, o mesmo ocorreu com dezenas de outros mandatários em vários pontos do país. Por isso mesmo, a entidade se tornou a inspiração para o surgimento de muitas outras, estando hoje no centro de uma rede de organizações que congrega 207 associadas.

Essa história de sucesso fez com que a entidade que nasceu modesta hoje esteja pronta para voos ainda mais significativos.

A organização alterou recentemente os seus estatutos para tornar-se a Amarribo Brasil, voltando agora seus olhos para todo o território nacional. Seu reconhecimento a tem levado a participar de diversos eventos no exterior, representando as iniciativas sociais brasileiras contra a corrupção. Hoje convertida em Oscip – organização social de interesse público, a entidade colabora para a realização da primeira Consocial – Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social, evento que reunirá milhares de agentes públicos e membros da sociedade civil organizada na busca de instrumentos mais eficazes de combate à corrupção.

Em 2012, antes da Copa do Mundo e das Olimpíadas, o Brasil sediará outro evento de dimensões globais: o Congresso da IACC (International Anti-Corruption Conference). A Amarribo Brasil é uma das anfitriãs. Na última edição, ocorrida em 2010 na cidade de Bangkok, reuniram-se 1350 delegados de 135 países. Isso dá uma dimensão da importância do evento.

Hoje, a organização nascida na pequena Ribeirão Bonito é o contato da Transparência Internacional no Brasil, estando a caminho de se tornar o capítulo brasileiro da entidade transnacional.

Por todas essas considerações, sugiro a cada democrata um gesto simples: visite a página da Amarribo na internet e conheça tudo o que puder sobre esse grupo de cidadãos que está mudando silenciosamente a história do Brasil da única maneira possível: agindo localmente, de forma coordenada e persistente. A atuação sob a forma de redes, pautada pelo diálogo e pela colaboração, dá em histórias bonitas como essa.

Em janeiro deste ano, tive a honra de ser convidado para integrar o Conselho Diretor da organização. Guardo com carinho e respeito essa notável distinção que me permite estar mais perto de pessoas por quem nutro grande admiração.

Todas as vezes que vou a Ribeirão Bonito volto para casa com energias redobradas. O Brasil tem jeito. Como disse a jovem Nicole Verillo, presidente da Amarribo Júnior, não basta acreditar em um futuro melhor; é preciso fazê-lo acontecer.

Continuar lendo

Sobre o autor

Márlon Reis

Márlon Reis

Advogado especialista em Direto Eleitoral e Partidário com atuação nos Tribunais Superiores e sócio fundador do escritório Márlon Reis Advocacia e Consultoria; Ex-Juiz de Direito; Ex-Juiz Auxiliar da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral; membro fundador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral; fundador da Abramppe - Associação Brasileira dos Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais; Doutor em Sociologia Jurídica e Instituições Políticas pela Universidad de Zaragoza, Espanha

Outros textos de Márlon Reis.

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:




Publicidade Publicidade