Vídeo: manifestantes chamam deputados de “bandidos” em comissão da reforma política

Isabella Macedo/Congresso em Foco

O grupo também defende a volta do voto impresso e afirma que os deputados não “discutem o que o povo quer”

 

Um grupo de manifestantes protestou, na tarde desta quarta-feira (23), contra parlamentares envolvidos na reforma política no fim da reunião para analisar a sexta versão do relatório de Vicente Cândido (PT-SP). O relatório preparado pelo deputado petista define regras infraconstitucionais para o sistema político-eleitoral brasileiro.

<<Partidos querem dinheiro público para bancar multas aplicadas pelo TSE

O grupo, com cerca de dez manifestantes vestidos com camisetas em que se lia “distritão não”, começou o protesto com gritos de “canalhas” e “bandidos” após o presidente da comissão, Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), suspender a reunião devido ao início da ordem do dia no plenário da Casa. Por imposições regimentais, nenhuma comissão da Câmara pode deliberar quando a ordem do dia estiver em curso.

O grupo se organizou pelas redes sociais. Os deputados ignoraram o protesto e se encaminharam para o plenário para tentar votar a proposta de emenda à Constituição que trata da reforma política.

Assista ao vídeo do protesto dos manifestantes:

 

Um dos manifestantes, o advogado Claus Rohr, afirmou que os políticos não discutem o que o povo quer. Ele explicou que o grupo de manifestantes reúne membros de movimentos de direita, “bolsonaristas” e monarquistas. Segundo ele, entre as bandeiras que o grupo defende está a volta do voto impresso.

Leia também:

<<“Covardes! Covardes!”: agentes penitenciários ocupam comissão da reforma da Previdência; veja vídeos


Continuar lendo

Publicidade Publicidade