Segunda, 27 de Março de 2017

Vídeo: ‘Não vamos aceitar nenhum golpe; e fora, Cunha!’, diz dirigente da UNE

Em entrevista à TV Congresso em Foco, estudante diz acreditar que um grupo político aceita o desgaste de defender Cunha, investigado na Lava Jato, apenas para derrubar Dilma. Mas João Lemos também contesta política econômica de Levy

O estudante João Lemos, que compõe a diretoria da União Nacional dos Estudantes (UNE), disse ao Congresso em Foco acreditar que lideranças políticas defendem o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mesmo o deputado na condição de um dos investigados da Operação Lava Jato, apenas para atingir a presidenta Dilma Rousseff – contra quem “nenhum tipo de denúncia” está em curso, lembra o militante de esquerda. João está em Brasília para o 41º Congresso da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e diz que Cunha tem efeito “ataques” a direitos conquistados pelos trabalhadores e pela juventude. Mas o estudante também defende a mudança da política econômica capitaneada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, por exemplo.

“Viemos fazer uma defesa da democracia, defender o mandato eleito pelo povo brasileiro no ano passado, exigir a saída de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara”, sintetizou o militante à reportagem nesta sexta-feira (13). A entrevista foi concedida no meio da multidão, ao lado do palco dos protestos – o gramadão em frente ao Congresso, onde grupos pró-impeachment estão acampados há semanas e assistiram à caravana de esquerda passar.

Veja a entrevista com João Lemos, da UNE:


Mais sobre o Brasil nas ruas

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade