Temer dá posse ao novo ministro da Transparência

O novo ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, o advogado Torquato Jardim, tomou posse do cargo na manhã desta quinta-feira (2). Na cerimônia realizada no Palácio do Planalto, Torquato agradeceu a confiança do presidente interino Michel Temer e destacou que o processo de impeachment segue “sob o manto da Constituição”. “Este privilégio não conheceu a geração de meus pais no Estado Novo, nem minha própria geração”, disse o novo ministro.

Torquato Jardim fez um discurso breve, que durou menos de três minutos, em que falou sobre a importância da transparência no contínuo processo de construção da democracia. “A construção permanente da democracia passa pela transparência dos atos públicos. Transparência quer dizer responsabilidade legal, responsabilidade política, referência ética maiúscula”, afirmou o ministro.

Em seu discurso, Temer elogiou a trajetória do novo ministro. “Conheço-o porque é um professor de Direito Constitucional, sei de suas qualificações, um currículo extraordinário”, disse o presidente. “Torquato, vá em frente, ajude este governo porque merecemos esse apoio para tirar o país dessa crise em que se vive, muito sucesso para você”, concluiu o peemedebista.

A nomeação de Torquato foi anunciada ontem (1º) e publicada hoje no Diário Oficial da União. O advogado assume o cargo três dias depois da renúncia de Fabiano Silveira, que deixou o comando da pasta depois da divulgação de gravações em que orienta a defesa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado na Operação Lava Jato.

Mais sobre gestão pública

Continuar lendo

Publicidade Publicidade